essa comunidade que a blogsfera cria

by - março 01, 2021


esses dias tenho observado como os blogs criam o que eu tenho gostado de pensar como uma comunidade. muitos dos que eu acompanho eu acabei conhecendo por um blog anterior que de alguma maneira o mencionou, e eu vejo muita ligação entre eles, acabo encontrando nos comentários de um post pessoas que eu sempre leio no seu próprio blog. vejo como a gente se identifica e se conecta de um jeito muito único.

quando eu criei o Poetiza-te eu estava afastada de acompanhar os espaços que sempre acessava. no primeiro post, o "estariam os blogs mortos?" falei sobre isso e sobre como eu pensava que essa forma de compartilhar na internet tinha perdido seu lugar. sim, de fato não é mais como anos atrás, porém o que eu não percebia era que ainda possuía essa comunidade ativa de pessoas que escrevem e leem por aqui. talvez eu não tivesse mergulhado o suficiente e quando fui fundo eu encontrei essas pessoas incríveis que não desistiram do seu cantinho particular.

e esse apoio que a gente cria quando comenta nas postagens faz uma diferença tão positiva! é o que fortalece esse laço virtual, como uma conversa mesmo. essa troca de ideias, experiências, opiniões é muito rica e me inspira demais. acho que sempre vou preferir isso e sentir uma intensidade que outras redes não proporcionam. 

ah! uma outra coisa que eu me peguei pensando foi como "blogueira" se tornou um termo um tanto fora do real significado. por que isso se tornou tão associado ao pessoal que fala de moda e maquiagem e que na maioria dos casos nem possuem um blog?! algumas coisas quase perdem a definição. quando pensei nisso percebi que eu nunca me via em pensamento como uma blogueira justamente por essa visão distorcida que criaram, quando isso é sim algo que eu sou, afinal, o que o Poetiza-te é? foi um daqueles momentos em que constatei algo óbvio, mas que não soava realmente óbvio para mim. 

com isso eu não quero de forma alguma dizer que há algo de errado com compartilhar conteúdo de moda e etc. é só que não faz sentido associar a alguém que faz isso apenas através de outras plataformas. e não deveria ser estranho pensar que blogueira é também aquela que escreve textos sobre cotidiano, fala sobre livros ou assuntos variados, como os diários virtuais que leio por aqui. eu queria que isso pudesse ser ressignificado, ou melhor, voltasse ao seu significado original. 

de novo cá estou escrevendo pensamentos soltos e aleatórios, mas que me sinto inspirada a dividir. eu fico muito feliz mesmo quando recebo algo que completa ou mostra uma perspectiva diferente daquilo que eu disse. eu aprendo tanto!

é engraçado de lembrar que, no início de 2020, princípio do meu último ano letivo, pré pandemia, eu estava me sentindo sozinha na escola e fiquei desejando tanto poder ter uma amizade nova para dividir gostos e experiências no meu tempo naquele local. de qualquer jeito, mesmo se as aulas presenciais não tivessem sido canceladas, duvido muito que isso teria acontecido, já que quase nunca tinham alunos novos por lá. o engraçado não é isso, mas pensar que de alguma forma eu encontrei o que buscava ao ter mergulhado em meio aos comentários, diálogos e trocas aqui e ali, nos portos que alcancei e que pude me conectar de maneira aconchegante e real ♡

fico deveras feliz e grata ao perceber :)

abraços,
Any.
Foto de Tatiana Syrikova no Pexels

You May Also Like

10 comentários

  1. eu amo demais esse mundo dos blogs. estar aqui há tantos anos influenciou demais meus gostos, minha vida, minhas amizades, ideologias e até minha profissão, já que acabei virando fotógrafa e o processo começou quando comprei minha primeira cam pra fazer fotos para posts do blog, lá em 2014 kkkk muitas pessoas sairam do virtual e se tornaram amizades reais mesmo. outras são virtuais e mesmo assim muito presentes no meu dia a dia. enfim, acho que aqui a gente encontra um outro jeito de viver a internet e amo demais isso <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho única a maneira como os blogs proporcionam esse contato e troca de experiências!
      gosto demais dessa possibilidade. poder se identificar, conhecer mais histórias.
      obrigada por dividir um pouco da tua, achei incrível ☆
      grata pelo comentário :)
      abraços, K ☆

      Excluir
  2. Oi Any! Eu também estranho essa denominação das blogueiras, mas acho que por falta de outro nome as pessoas generalizam rs

    Eu também gosto muito da blogsfera, das pessoas que persistem em criar postagens sobre o dia a dia delas, sem focar em métricas e adsense. Infelizmente é muito raro. Mas talvez isso que dê o charme pra essa comunidade que virou underground haha

    Enfim, boa semana e ótimo Março pra você ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ooii, Cláudia!
      a blogsfera da forma como você citou se tornou uma preciosidade que a gente não vê muito e então se apega com tanto carinho ao encontrar. realmente, é o que dá todo o charme! eu sou apaixonada por essa forma de compartilhar experiências e cotidiano ♡

      obrigada por você ser uma dessas pessoas, seu conteúdo me inspira tanto ♡
      muito grata por suas palavras e ótima semana e mês para você também :)

      Excluir
  3. Que post mais lindo ♥
    Eu penso exatamente como você sobre os blogs. Acho maravilhoso isso de poder compartilhar o que gostamos e pensamos, poder receber comentários tão legais e que na grande maioria nos acrescentam tanto. E claro, é tão bom poder participar da vida de outras pessoas através das leituras dos posts, das fotos... Eu acho mágico! Acho que ter um blog é uma experiência única e só quem tem sabe do que estamos falando.
    Sobre isso de generalizarem todo mundo que 'cria qualquer tipo de conteúdo' de blogueira mesmo sem ter blog eu também fico meio chateada, me causa estranhamento digamos assim.
    Enfim, adorei o post como sempre. Você escreve super bem, parabéns!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaah, Val! teus comentários sempre iluminam meu dia ♡
      eu também acho incrível podermos participar da vida das pessoas ao ler os posts e de poder dividir um pouco da minha por aqui. como você disse, acrescenta demais e cada troca é muito única. palavras como as suas marcam meus dias de forma muito positiva e são preciosas demais para mim, só tenho a agradecer, sério ♡

      em relação a generalizarem, sim, o que me causa é estranhamento também! acaba não sendo algo legal.

      obrigada, obrigada mesmo ♡
      abraços.

      Excluir
  4. São essas conexões que fazem tudo valer a pena, sem dúvida! Já perdi a conta de quantas pessoas incríveis eu conheci (pessoalmente inclusive) por causa do blog, quantas indicações maravilhosas já fizeram (e continuam fazendo) diferença na minha vida... É um universo riquíssimo, é só saber explorá-lo de maneira positiva. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sem dúvidas!
      quando encontramos as pessoas certas descobrimos coisas incríveis a serem acrescentadas na nossa vida e é um aconchego enorme ♡
      feliz por isso ser algo positivo pra ti e obrigada por dividir comigo :)

      abraços, Camila ♡

      Excluir
  5. Any, cheguei aqui nesse post maravilhoso através do blog da Váh, do "Hey im with the band". :) É incrível o poder da blogosfera, né? E ainda bem que a gente cuida bem dessa comunidade, que está ativa sim. Ainda bem! E nunca tinha parado para pensar nisso do "blogueira" e faz total sentido. E esse cantinho da internet proporciona tantas amizades reais. É muito mais do que um simples comentário, né? Sou muito grata por cada amiga que fiz nessa comunidade e que pretendo fazer. Sinto também que nunca estou sozinha! ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Carol!
      fico tão feliz por você ter chegado por aqui! o "hey! i'm with the band" é um espaço muito especial que eu amo acompanhar ♡
      essa comunidade é muito preciosa e é maravilhoso que possamos cuidar e manter ativas essas relações. é uma troca muito rica e marcante! feliz por cada sentimento bom que te proporciona ♡

      obrigada por dividir um pouco dos teus pensamentos comigo, grande abraço!

      Excluir